Crivella sai de prisão domiciliar para acompanhar funeral de mãe | Rio de Janeiro

Prefeito afastado do Rio, saiu Marcelo Crivella prisão domiciliar nesta quarta-feira (30) para participar do funeral da mamãe, Eris Bezerra Crivella.

Ela faleceu na madrugada desta segunda-feira (28), aos 85 anos, em sua casa no bairro de Copacabana, Zona Sul do Rio. A causa da morte não foi divulgada.

Crivella saiu de casa no Condomínio Península, na Barra da Tijuca, às 9h30, de onde seguirá para Simão Pereira, no interior de Minas Gerais.

A saída foi autorizada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) nesta segunda-feira (28). O Presidente do STJ, Ministro Humberto Martins, determinou que Crivella seja acompanhada por escolta, nos termos da Lei de Execuções Penais.

“Atendo ao pedido do paciente, Marcelo Bezerra Crivella, comparecer ao funeral e sepultamento de sua mãe, Dona Eris Bezerra Crivella, no dia 30, das 6h às 18h, por acompanhante. A partir das 18h, o paciente retornará imediatamente à prisão domiciliária, comunicando a sua retirada a esta Presidência ”, ordenou o ministro.

A mãe do prefeito fora do Rio, Marcelo Crivella, morreu nesta segunda-feira (28) no apartamento onde ela morava, em Copacabana – Foto: Reprodução / Redes sociais

A determinação do ministro atende a um pedido da defesa de Crivella, que está em prisão domiciliar desde a última quarta-feira (23), também por decisão do presidente do STJ.

No dia anterior, o prefeito removido havia sido preso em uma ação conjunta entre a Polícia Civil e o Ministério Público do RJ.

A investigação apontou a existência de uma “mensalidade” na Prefeitura do Rio. No esquema, segundo apurou o MP, os empresários pagavam para ter acesso aos contratos e receber valores devidos pela administração municipal.

A prisão foi determinada inicialmente pela juíza Rosa Helena Penna Macedo Guita, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Posteriormente, a defesa de Crivella recorreu ao STJ e foi convertida em prisão domiciliar.

Marcelo Crivella foi preso na última terça-feira – Foto: Daniel Silveira / G1

VÍDEOS: Mais vistos no Rio nos últimos 7 dias

READ  Quando Renato Gaúcho "dançou", Felipão e Jorge Jesus "o levaram para o motel" - 31/12/2020

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

N1 Sergipe