Cruzeiro sofre gol na final, empata com o Avaí e mantém drama na Série B – 18/12/2020

O cruzeiro quase comemorou a vitória, mas levou o empate na final e desperdiçou a chance de abordar o G4 na Série B. Esta noite (18), Raposa e Leão estavam em 1 a 1, pela 30ª rodada, na Ressacada, em Florianópolis. A partida marcou o encontro de duas equipes que lutam para se manter perto da zona de acesso à Série A, mas com o resultado, nem os mineiros nem o catarinense podem dar um passo importante em direção ao gol.

O gol do Raposa foi marcado por Filipe Machado no final do primeiro tempo e Valdivia empatou quase no final da partida.

A próxima partida do Cruzeiro é nesta terça-feira (22), contra a Ponte Preta, outro adversário direto na competição, às 21h30, no estádio Moisés Lucarelli. O Avaí já faz o clássico com o Figueirense, no Orlando Scarpelli, no sábado (26), dia seguinte ao Natal, às 16h.

O jogo

As duas equipes começaram o jogo com muito estudo do adversário, sem arriscar muito e com pouca aceleração na transição ofensiva, o que retardou o jogo. Sem tanta qualidade técnica e com excesso de faltas, as melhores alternativas e jogadas saíram das laterais.

E foi precisamente numa jogada lateral que o Cruzeiro abriu o marcador com Filipe Machado, após cruzamento de Willian Pottker, no final da primeira fase.

No segundo tempo, o jogo continuou com uma pegada mais firme, com faltas mais duras, muitas reclamações de ambos os lados com cobrança de cartas, que acabaram sendo apresentadas com mais intensidade pelos árbitros.

O Avaí tentou imprimir um ritmo acelerado no ataque, mas parou na marca da Raposa, que errou por pouco. Valdivia empatou quase na última volta do relógio

Cruzeiros no cruzeiro

No jogo contra a Ponte Preta, na próxima terça-feira (22), no Moisés Lucarelli, o goleiro Fábio e o atacante Rafael Sóbis, ambos do Cruzeiro, estão suspensos. Os dois tiraram o terceiro cartão amarelo e viraram problemas para o técnico Felipão.

READ  Tricolor e Grêmio sobem ao palco

Quem se saiu bem: Felipe Machado e Valdívia

O meia teve seu nome gritado por Felipão em diversas ocasiões no jogo. “Vai, Machado; nossa, Machado”. E em um ataque rápido da direita no primeiro tempo, Willian Pottker subiu, cruzou para o meio da área onde estava, Machado, que marcou sem marcar.

Valvídia deixou sua marca após a ajuda do ex-Cruzeiro Edilson, que complicou a vida de Raposa.

Quem estava errado: German e Patrick Brey

O zagueiro catarinense atrapalhou-se com o goleiro no gol do Cruzeiro e a jogada foi decisiva para a derrota do time de Claudinei Oliveira.

A equipa da Raposa, mais uma vez, errou uma jogada importante e cometeu a falta que originou a jogada do Avaí.

Cronologia do jogo:

Aos 41 minutos do primeiro tempo, Machado apareceu livre dentro da área e aproveitou cruzamento de Pottker para fazer o 1×0.

Aos 49 minutos do segundo tempo, Valdivia aproveitou cruzamento de Edilson, Ex-Cruzeiro, e balançou as redes de Fábio: 1 a 1.

FICHA DE DADOS:

AVAÍ 1 x 1 CRUZEIRO

Razão: 30ª rodada do campeonato brasileiro
Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)
Data e hora: 18 de dezembro de 2020 (sexta-feira), às 20h15 (horário de Brasília)
Juiz: Antônio Dib Moraes de Sousa (PI)
Auxiliares: Rogério de Oliveira Braga (PI) e Márcio Iglésias Araújo Silva (PI)
Objetivo: Filipe Machado (40 ‘1º T); Valdivia (50 ‘2ª T)
Cartão amarelo: Rafael Sóbis, Willian Pottker, Cáceres, Fábio (CRU); Getúlio, Betão, Edílson (AVA)
Cartão vermelho:

HAVAÍ: Lucas Frigeri; Edilson, Alemão, Betão e Iury; Leandrinho (Jean Martim), Pedro Castro (Luan Silva); Valdívia, Getúlio (Rodrigão) e Vinícius Leite (Renatinho); Gastón Rodriguez (Ronaldo). Técnico: Claudinei Oliveira

CRUZEIRO: Fábio; Cáceres, Manoel, Ramon e Patrick Brey; Adriano, Jadsom Silva (Jadson) e Filipe Machado (Giovanni); Airton (Welinton), Rafael Sóbis (Marcelo Moreno) e William Pottker (Arthur Caíke). Técnico: Luiz Felipe Scolari

READ  XP anuncia oferta pública de US $ 1,3 bilhão em ações - Money Times

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

N1 Sergipe