Menon: Grêmio preocupado com a classificação e São Paulo com conceito de jogo – 31/12/2020

Guilda e o Palmeiras conseguiu se classificar para a final do Copa do brasil, com a equipe comandada por Renato Portaluppi segurando o empate 0-0 com o São Paulo, no Morumbi, e o português Abel Ferreira derrotando o América-MG por 2 a 0 em Belo Horizonte. O Fim do chat, pós-rodada ao vivo de Esportes – com os jornalistas Luiza Oliveira, José Trajano, Renato Maurício Prado e Menon – analisa a queda do líder do Brasileirão, a classificação gremista e também o triunfo do Palmeiras hoje.

Na classificação Gremista antes do São paulo, Menon ressalta o peso da postura da equipe comandada por Renato e vê a necessidade de Fernando Diniz buscar alternativas para o elenco visando uma mudança na forma de atuação em situações como a semifinal no Morumbi.

“O jogo que eu achei que fosse o seguinte, o Grêmio estava comprometido com uma missão, para se classificar. O São Paulo estava comprometido com o conceito de jogo, e esse jogo que eles chamam de jogo apoiado, um jogo triangular, eu gosto de chamar de jogo picado . Há dias que dão, hoje não “, diz Menon.

“E esse é o problema para o ano que vem que o São Paulo tem que cuidar para que seja o seguinte, tem que ter jogadores no elenco que possam mudar esse esquema de jogo. Hoje, por exemplo, ele lançou o Paulinho Boia aos 33, mas vamos convenhamos, muitas vezes ele é âncora em vez de bóia, é âncora, já está afundando o time. Não acho que seja páreo para o São Paulo. Então, o São Paulo precisa mudar um ano que vem pouco, tem jogadores de amplitude, pontos, precisa ter pontos e não tem, e a equipe está muito presa a um único esquema ”, completa.

READ  Reação mista ao plano de renomear Estádio do Maracanã no Brasil

Ausência de Reinaldo da lateral complica a equipe de Diniz

Além do primeiro jogo da semifinal, em Porto Alegre, o lateral-esquerdo Reinaldo levou cartão amarelo por reclamação, e o São Paulo precisava jogar no Morumbi sem contar com o jogador que tem sido importante na estruturação das jogadas do time. Menon lembra que a carta era desnecessária e exige que os jogadores entendam que não podem cometer esse tipo de erro em um confronto decisivo.

“A ausência do Reinaldo fez muita falta para o São Paulo e lembre-se do amarelo estúpido que ele levou, levou amarelo aos 50 minutos do jogo anterior, o jogador precisa entender um pouco disso também, ele não pode levar amarelo, o jogo tem 180 minutos e o cara fica amarelo aos 93 ”, diz o jornalista.

Brasileirão virou obrigação para São Paulo

Sem a Copa do Brasil, o São Paulo ainda não disputou o Campeonato Brasileiro, no qual lidera com sete pontos de vantagem para o Atlético-MG, colocado em segundo lugar, e tenta sair da situação incômoda de não ganhar títulos desde a Copa Sul-Americana 2012. Menon acredita que a queda na Copa do Brasil aumenta a responsabilidade da equipe de Fernando Diniz e considera que seria frustrante para o trabalho do técnico a perda de mais uma competição.

“É um clichê chato mesmo, mas o brasileiro passa a ser uma obrigação para o São Paulo porque ele tem sete pontos lá e tem que vencer. Tem que ter cuidado, o Flamengo não está jogando bem, mas pode jogar bem a qualquer hora, tem um elenco, o Galo continua vivo. E se o São Paulo não vencer o brasileiro, podemos dizer que foi um ano muito ruim sob o comando do Diniz ”, diz o jornalista.

READ  Ministério Público brasileiro mira fundação ligada ao rompimento de barragem

“No momento o time vai bem no Brasileiro, mas foi eliminado drasticamente, na Copa do Brasil chegou às semifinais, mas foi vergonhosamente eliminado na Liberadores, foi rebaixado ao Sul-Americano e eliminado na primeira partida , e o Campeonato Paulista que foi aquela vergonha de perder para o Mirassol. Diniz acho que o trabalho dele pode ser regular e ele tem que vencer para que seja mais que regular, senão, o trabalho dele em São Paulo vai ser muito frustrante “, conclui.

O programa também analisa a classificação do Palmeiras, que chega melhor para a final da Copa do Brasil e também as chances da equipe de Abel Ferreira no campeonato. Libertadores e as condições do Campeonato Brasileiro, que pode ganhar um G7 com o fato de as duas equipes que decidem o título da taça também estarem entre as primeiras em pontos conquistados.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

N1 Sergipe