O Palmeiras decola no 2º quarto, vence o Libertad e vai para a semifinal do Liberta

O Palmeiras confirmou a classificação para a semifinal de Copa libertadores, ao vencer o Libertad (PAR) por 3 a 0 hoje (15), no Allianz Parque. O Verdão avançaria com um empate sem gols, já que os times estavam em 1 a 1 em Assunção, mas Gustavo Scarpa, Rony e Gabriel Menino marcaram na arena e garantiram mais um triunfo sob o comando de Abel Ferreira.

Mesmo que os paraguaios se sentissem especialmente desconfortáveis ​​em jogar por cima, o Palmeiras foi para o intervalo vencendo por 1 a 0 e disparou na última fase, após Piris ter sido expulso por dura entrada em Raphael Veiga.

Com o resultado, a equipe aguarda agora o classificado entre o duelo River Plate (ARG) e Nacional (URU). Os argentinos venceram por 2 a 0 e têm uma boa vantagem. A volta ocorrerá na quinta-feira (17), às 21h30.

O MELHOR: RONY E SCARPA SHINE

O até então disputado camisa 11 foi muito improvisado como centroavante e hoje marcou seu quarto gol pela Copa Libertadores – levando em consideração todas as competições, Ron sacudiu as redes oito vezes. Apesar de pequeno (1,67m), incomodou muito a marcação paraguaia e também participou da jogada do gol que abriu o placar no Allianz Parque.

Gustavo Scarpa voltou a viver seus melhores momentos e teve uma participação decisiva, abrindo o placar com um chute forte de fora da área e dando uma boa opção na lateral esquerda. Ele também cruzou para o terceiro gol, de Gabriel Menino.

O PIOR: EX-SÃO-PAULINO É EXPELIDO

Ivan Piris, equipe que passou pelo São Paulo, dificultou muito a vida de Libertad ao pisar em Raphael Veiga no segundo tempo, após acirrada disputa de bola entre Ron e Cáceres. O VAR chamou o árbitro Jesus Valenzuela para conferir, e a decisão do juiz foi aplicar o cartão vermelho direto para o zagueiro do Libertad.

GÓMEZ FAZ ESFORÇOS, MAS PRECISA SAIR

Líder da defesa palmeirense, Gustavo Gómez levou um choque na cabeça com Bareiro no primeiro tempo, sofreu um corte, mas colocou um boné e voltou ao jogo, apesar do susto. No segundo tempo, o paraguaio desabou em campo e acabou pedindo a substituição. Emerson Santos o substituiu e teve uma atuação segura.

READ  Bahia Notícias / Sports / EC Vitória / Vitória derrotada pelo América Mineiro e segue parada no Z-4

DESEMPENHO DAS PALMEIRAS

A equipa de Abel Ferreira jogou de forma mais compacta do que na viagem anterior, em Assunção, e viu Libertad voltar a criar problemas por cima. Mesmo assim, teve mais posse de bola ao longo da partida e aproveitou a expulsão de Piris para fazer o segundo e legal Libertad da partida. O jogo não foi fácil, mas o Verdão jogou organizado e buscou diferentes caminhos para chegar ao gol de Martín Silva, destaque no confronto. Com mais um, ele assumiu e resolveu o placar.

DESEMPENHO DO LIBERTAD

O time paraguaio vendeu caro a eliminação e se incomodou com o placar alto na saída do Palmeiras em sua área e com lances para disputa de segunda bola, principalmente nas costas de Marcos Rocha. Libertad tentou incomodar, mas acabou sucumbindo após a expulsão de Piris. Ao contrário de ir, eles conseguiram atingir a meta de Weverton menos.

CRONOLOGIA DE JOGO

O Palmeiras recebeu lindo chute de Gustavo Scarpa para abrir o placar no Allianz Parque, aos 20 minutos de jogo, depois que Libertad parou no Weverton em uma chance clara, quando Ferreira driblou Gustavo Gómez e acertou o arqueiro do Palmeiras. Após a expulsão de Piris, aos 18 do segundo tempo, o Verdão pressionou e chegou à segunda, com Ron, aos 22. Gabriel Menino, após bela jogada de Willian e cruzamento de Gustavo Scarpa, fechou o placar, aos 42.

NOVE VITÓRIAS NA ALLIANZ

O Palmeiras segue passando por cima dos rivais em sua arena, desde que mudou de comando. Com Andrey Lopes e Abel Ferreira, são nove jogos, com nove vitórias, 28 gols a favor e nenhum contra. Mesmo sem multidão, o Allianz Parque voltou a ser um caldeirão.

FICHA DE DADOS:
PALMEIRAS 3 x 0 LIBERDADE (PAR)

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Dados: 15 de dezembro de 2020, terça-feira
Cronograma: 21:30 (de Brasília)
Juiz: Jesus Valenzuela (VEN)
Assistentes: Jorge Urrego (VEN) e Tulio Moreno (VEN)
ONDE: Jhon Ospina (COL)
Cartões amarelos: Abel Ferreira (PAL); Adorno, Cáceres, Ferreira e Martínez (LIB)
Cartões vermelhos: Ivan Piris (LIB)

READ  Bolsonaro assina perdão de Natal e repete sentença a policiais condenados por crimes | Política

METAS: Gustavo Scarpa, aos 20 minutos do primeiro tempo (1-0); Ron, 22 minutos do segundo tempo (2-0); Gabriel Menino, aos 36 minutos (3-0)

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Luan, Gustavo Gómez (Emerson Santos) e Viña; Danilo, Gabriel Menino e Raphael Veiga (Zé Rafael); Gustavo Scarpa (Breno Lopes), Gabriel Veron e Rony (Willian). Técnico: Abel Ferreira

LIBERDADE: Martín Silva; Ramirez, Cardozo, Adorno e Píris; Cáceres (Martínez), Bareiro (Villalba), Campuzano (Franco) e Espinoza; Ferreira (Enciso) e Martínez (Cardozo). Técnico: Gustavo Morinigo

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

N1 Sergipe