O WhatsApp está atrasando as mudanças de privacidade em meio à reação do usuário

SAN FRANCISCO – O WhatsApp disse na sexta-feira que atrasaria uma atualização de privacidade planejada, já que o serviço de mensagens do Facebook tenta conter uma reação de usuários preocupados com as mudanças.

O WhatsApp Ele disse que atrasaria as mudanças, Até 15 de maio a 8 de fevereiro, para dar aos usuários mais tempo para revisar o que você planeja fazer.

Neste mês, o WhatsApp notificou seus usuários que lhes daria novas opções para enviar mensagens às empresas que utilizam o serviço e atualizar seus termos de privacidade. A notificação do WhatsApp informa que os usuários terão que aceitar os novos termos até fevereiro ou não terão mais acesso à sua conta. Embora pouco estivesse realmente mudando, a empresa ainda precisava da aprovação do usuário.

Vários usuários e alguns meios de comunicação interpretaram a notificação como uma mudança perceptível nas práticas de compartilhamento de dados do WhatsApp, acreditando erroneamente que a empresa agora pode ler as conversas das pessoas e outros dados pessoais. A desinformação se espalhou por meio do serviço para alcançar usuários em todo o mundo.

As pessoas migraram para outros serviços de mensagens, incluindo aplicativos como o Signal – que oferece a chamada criptografia ponta a ponta como o WhatsApp – e o Telegram, que oferece algumas opções de criptografia. Nesta semana, o Signal se tornou o aplicativo número 1 na Índia, um dos maiores mercados para WhatsApp, em telefones Apple e Android.

Agora, os executivos do WhatsApp garantem aos usuários que suas mudanças são mínimas, que ele não consegue ler as mensagens dos usuários e que seus serviços são mais seguros do que os de alguns concorrentes.

“O WhatsApp ajudou a fornecer criptografia de ponta a ponta para pessoas ao redor do mundo e estamos comprometidos em defender essa tecnologia de segurança agora e no futuro”, disse o WhatsApp em um blog da empresa. “Com essas atualizações, nada disso muda.”

READ  Meu filme sobre resistência e luta pela arte: Ainda temos o diretor Deep Black Knight

Algumas das informações limitadas do WhatsApp são compartilhadas com o Facebook, a empresa-mãe do WhatsApp. Mas as alterações feitas nos Termos de Serviço do WhatsApp para permitir isso ocorreram em 2016, e os termos não foram atualizados significativamente desde então.

A precipitação reflete o raro deslize do gigante das mensagens, que O Facebook comprou em 2014 por US $ 16 bilhões. Por anos, o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, permitiu que o WhatsApp operasse em grande parte como uma entidade independente, apoiada pela infraestrutura e recursos do Facebook. Durante esse período, o WhatsApp cresceu para atender a mais de um bilhão de usuários – a maioria deles de fora dos Estados Unidos.

Essa abordagem mudou nos últimos anos. Os cofundadores do WhatsApp, Jan Kum e Brian Acton, deixaram a empresa em 2018 após uma disputa com Zuckerberg. Desde então, o toque de Zuckerberg cresceu. Ele quer combinar os serviços de mensagens do Facebook, Instagram e WhatsApp, o que levará anos de trabalho de engenharia.

Embora Zuckerberg tenha posicionado o Facebook como um fator de privacidade do usuário, alguns ex-funcionários temem que a integração torne aplicativos como o WhatsApp menos seguros com o tempo. O WhatsApp ainda não está conectado ao Messenger ou Instagram.

A indignação com as mudanças de privacidade do WhatsApp é uma ironia amarga, dada a luta da empresa com a desinformação sobre seu serviço. O WhatsApp era usado para divulgar informações falsas sobre eleições no Brasil e em outros países, o que era difícil de combater devido ao caráter fechado e privado do serviço.

O WhatsApp começou a compartilhar gráficos em vários idiomas, detalhando exatamente o que a atualização da política de privacidade significará.

“Havia muita desinformação causando preocupação e queremos ajudar todos a compreender nossos princípios e fatos”, disse a empresa.

READ  Está no Netflix? Como assistir o enquadramento de Britney Spears online

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

N1 Sergipe