Últimas

Conceição Vieira é empossada diretora presidente da Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe

22 de janeiro de 2019

A professora Maria Conceição Vieira Santos tomou posse nesta segunda-feira, 21, do cargo de diretora presidente da Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe (Funcap). Prestigiado por autoridades de Estado, políticos e representantes do cenário cultural sergipano, o ato solene de posse foi realizado no auditório do Banese, em Aracaju, com a presença da vice-governadora, Eliane Aquino, e do presidente do Conselho Deliberativo da Funcap e secretário de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura, professor Josué Modesto dos Passos Sobrinho.
Foto: Ascom/Seduc

Em discurso, após assinar o termo de posse, Conceição Vieira agradeceu ao governador Belivaldo Chagas a confiança depositada em seu nome para ocupar a presidência da Fundação de Cultura e Arte Aperipê e a acolhida que teve dos funcionários do órgão. Agradeceu, também, a contribuição dada à área cultural pelo ex-secretário de Estado da Cultura, João Augusto Gama, e ao trabalho dos ex-diretores presidentes da então Fundação Aperipê, Chiquinho Ferreira – atual diretor de Rádio e Difusão – e Givaldo Ricardo.

“O governador espera de nós que potencializemos a cultura com inovação e criatividade para superar as dificuldades financeiras, com a participação efetiva de toda a sociedade”, destacou a nova diretora presidente da Funcap. Segundo explicou, atuará para fortalecer a Cultura, institucionalmente, levar as manifestações culturais a todos os municípios sergipanos, conforme o programa de governo encabeçado por Belivaldo Chagas, de modo a “resgatar o espírito de sergipanidade”.

De acordo com Eliane Aquino, a nomeação de Conceição Vieira para a gestão da área cultural do Estado se reveste de extrema importância, dado o histórico profissional da professora e militante dos Direitos Humanos e pelo conhecimento que detém da gestão do Governo de Sergipe. “Sabemos das dificuldades financeiras que o Estado enfrenta, e levar a Cultura para a Aperipê atende ao trabalho de reequilíbrio financeiro que pomos em prática. Sei que Conceição tem as condições necessárias para articular políticas públicas com as entidades do setor cultural e desenvolver um bom trabalho à frente da Fundação”, disse a vice-governadora.

Para Josué Modesto, com a unificação da pasta da Educação à do Esporte e Lazer e a da Cultura, serão maximizadas as atividades dessas áreas. Com essa reforma administrativa, explicou, a Seduc passa a contar com a superintendência especial de Esporte, e a Cultura passa a ser operacionalizada pela Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe. “Queremos aumentar a sinergia entre a Educação, a Cultura e o Esporte, ou seja, facultar ao nosso público escolar acesso às atividades correlatas a essas áreas”, ressaltou o secretário de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura, Josué Modesto dos Passos Sobrinho, que responde, também, pela presidência do Conselho Deliberativo da Funcap.

Presidente do Conselho Estadual de Cultura, Antônio Amaral destaca que a gestão da Cultura pela Fundação Aperipê possibilita uma nova maneira de conduzir as políticas da área. Diante dessa mudança, em nome do colegiado, Amaral desejou sucesso à nova diretoria executiva da Funcap, a qual espera ver executar “uma gestão profícua e, acima de tudo, vitoriosa”, frisou.

Esperançoso em ver os resultados do novo modelo de gestão da política cultural do Estado, Tonico Saraiva, presidente do Sindicato dos Músicos de Sergipe, afirmou que o conhecimento de Conceição Vieira acerca da cultura sergipana “é um indicativo de que coisas boas virão para os artistas locais, e o nosso sindicato tem projeto e pretende colaborar com a Fundação”, destacou.

Além de ser professora, graduada em Geografia pela Universidade Federal de Sergipe, Maria Conceição Vieira Santos é também psicopedagoga e pós-graduada em Educação para a paz e resolução de conflitos pela Universidat Jaume (Espanha) e terapeuta holística. Foi vereadora de Aracaju e deputada estadual e ocupou ainda a titularidade das secretarias de Estado da Casa Civil e da Inclusão Social, tendo sido também secretária-chefe do Escritório de Representação de Sergipe em Brasília.

Funcap

À Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe compete a operacionalização da política estadual de cultura; o fomento à cultura, às letras, às artes, à arte-educação, ao folclore e às manifestações artísticas e culturais populares; a preservação, a guarda e a gestão do patrimônio histórico, artístico, cultural, arqueológico, paleontológico e ecológico; e a administração dos equipamentos culturais e artísticos.

Com a transformação, os Museus e Bibliotecas Públicas Estaduais e o Arquivo Público de Sergipe são gerenciados agora pela Seduc. Teatros e demais equipamentos culturais ficam sob a responsabilidade da Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe.

É responsabilidade da Funcap a promoção, organização, execução e administração de programas e projetos de desenvolvimento e expansão das ações e atividades de comunicação, através do sistema de Rádio, Televisão e Internet, para os serviços de transmissão de sons (radiodifusão sonora) e de transmissão de sons e imagens (televisão e internet), bem como outras atividades necessárias ao cumprimento de suas finalidades.

Também participaram da solenidade de posse da diretora-presidente da Funcap os titulares das secretarias de Estado Geral de Governo, José Carlos Felizola Filho; e da Comunicação, Sales Neto; além de deputados estaduais, vereadores, familiares e amigos da empossada e atores do setor cultural sergipano.
Da Agência Sergipe de Notícias - Foto: Ascom/Seduc