Em audiência pública, Luciano Pimentel mostra preocupação com fechamento dos matadouros em Sergipe

Em audiência pública, Luciano Pimentel mostra preocupação com fechamento dos matadouros em Sergipe

Quase 100% dos matadouros de Sergipe foram interditados por não apresentarem condições básicas de funcionamento. A questão afeta diretamente os marchantes e fateiros, que sobrevivem do abate animal para comercialização de carne. Preocupado com a situação desses trabalhadores, o deputado estadual Luciano Pimentel cobrou nesta terça-feira, 19, em audiência pública sobre o tema, uma solução para problemática que atinge muitas famílias em todo Estado. 


"A atuação dos órgãos fiscalizadores é necessária para garantir a qualidade do produto que entra na casa dos sergipanos, mas não podemos deixar que essas pessoas percam seus empregos e assumam uma responsabilidade que não é delas”, pontuou Luciano.

Para o parlamentar, é preciso reivindicar, junto ao Governo Federal, emendas direcionadas à readequação dos matadouros. “Assistimos diariamente um festival de emendas sendo aprovadas e nenhuma propõe a recuperação dos matadouros para evitar o fechamento desses locais”. 

Ao fazer uso da palavra, o marchante Otacílio Góis frisou a gravidade do caso e solicitou o apoio dos deputados. “Peço a todos os senhores e senhoras que olhem com carinho para esta causa e nos ajudem a encontrar uma saída, porque temos amigos que não tem mais o que comer. E só quem já passou fome entende a urgência da nossa luta”.

A audiência pública foi proposta pelo deputado estadual Georgeo Passos e mobilizou marchantes, fateiros e feirantes de diversos municípios sergipanos, que lotaram o plenário da Assembleia Legislativa.

T.Dantas Comunicação 

Iklan Atas Artikel

Iklan Tengah Artikel 1

Iklan Tengah Artikel 2

Iklan Bawah Artikel