Últimas

Aeroporto de Sergipe será administrado por empresa espanhola

17 de março de 2019

Após duas horas de lances e propostas, o aeroporto Santa Maria, em Aracaju, foi leiloado na sexta-feira (15). O Santa Maria integra o bloco Nordeste, um dos mais disputados do leilão, e foi negociado juntamente com aeroportos de Recife, Maceió, João Pessoa, Campina Grande e Juazeiro do Norte. Venceu o leilão a empresa espanhola Aena, com arremate de R$1,9 bilhão. Com o leilão desta sexta-feira, quase 70% do tráfego aéreo do Brasil será em aeroportos administrados pela iniciativa privada.
Foto: Ascom/ASN
O governador Belivaldo Chagas acompanhou a negociação ao lado do ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas e dos governadores de Alagoas, Renan Filho, e do Ceará, Camilo Santana, na bolsa de Valores de São Paulo. Para o governador sergipano, a expectativa é que o leilão torne os aeroportos mais confortáveis para usuários e auxilie no fomento ao turismo na região. 
“Acompanhar o leilão dos aeroportos do Nordeste mostrou como nossa região é bem avaliada pelos investidores. O lance inicial para o bloco Nordeste era de R$ 171 milhões e o mesmo foi arrematado por R$1,9 bilhão. Esperamos que a concessão melhore os serviços ofertados para que Sergipe possa disputar no segmento turístico de forma mais igualitária”, disse o governador. 
Sobre o grupo Aena

A empresa espanhola Aena, vencedora do leilão do bloco Nordeste, administra 46 aeroportos na Espanha, incluindo os terminais de Madri–Barajas e de Barcelona. Na América Latina, a empresa administra 12 aeroportos no México, 2 na Jamaica e 2 na Colômbia. O aeroporto de Luton, em Londres, também está sob administração da companhia.
Em sua página na internet, a Aena afirma ser a primeira do mundo em gestão de aeroportos. Segundo a empresa, mais 263,7 milhões de passageiros passaram pelos terminais administrados por ela em 2018.
Fonte: ASN