Últimas

Kitty Lima denuncia falta de transporte escolar em povoado de Santo Amaro das Brotas

13 de março de 2019

A falta de transporte escolar aos alunos do ensino médio do Colégio Estadual Prof. Rogaciano Magno Leão Brasil, no povoado Flecheiras, em Santo Amaro das Brotas, foi denunciado pela deputada estadual Kitty Lima (Rede) nesta quarta-feira, 13, na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese). Em seu pronunciamento, a parlamentar relatou as dificuldades enfrentadas pelos estudantes que apontam uma dívida de R$ 100 mil do Governo do Estado com a prefeitura que estaria inviabilizando o serviço, e cobrou do Executivo Estadual explicações sobre a situação que tem prejudicado a presença desses alunos em sala de aula.
Foto: Ascom Parlamentar
No vídeo gravado pelos jovens e apresentado por Kitty ao plenário da Casa, um grupo de cerca de 20 estudantes reclama a falta de transporte escolar para frequentar as aulas que tiveram início no dia 18 de fevereiro, e revela ainda que foi informado pelos gestores do município sobre uma suposta dívida de R$ 100 mil do Governo do Estado com a prefeitura, o que estaria impossibilitando a manutenção do serviço.
Os estudantes alegam ainda que a gestão municipal ficou de dialogar com representantes do governo a fim de resolver o problema, mas até o momento nenhuma medida foi adotada.
“Os alunos e os pais deles afirmam que há um jogo de empurra-empurra entre a prefeitura e o Governo de Estado, e enquanto isso esses jovens que têm um futuro pela frente não conseguem sequer chegar em sala de aula porque nem todos têm condições de pagar a passagem de suas casas até a escola. Quero lembrar a esta Casa que a questão do transporte escolar já é objeto de investigação na Operação Marcha Ré, da Polícia Federal. Não podemos permitir que os mais humildes, que são os que mais precisam desse serviço, fiquem sem estudar”, mostrou-se indignada a parlamentar.
A deputada cobrou que a informação sobre o suposto débito apontado pelos estudantes seja esclarecida o mais rápido possível, e pediu o apoio dos demais parlamentares da Alese para a cobrança da solução do impasse.
“Os questionamentos que fazemos agora, diante da informação passada pela prefeitura aos alunos, é onde estão esses R$ 100 mil? O que houve com esse repasse que não chegou ao seu destino? Ou então o por que de fato não há transporte? Faço esses questionamentos para que nós deputados estaduais busquemos juntos as respostas necessárias, o que não quero é que essa Casa fique em silêncio enquanto os estudantes de Santo Amaro das Brotas não conseguem sequer chegar em sala de aula”, pontuou Kitty Lima.
Fonte: Ascom Parlamentar