População sergipana pode realizar tratamento odontológico gratuito

População sergipana pode realizar tratamento odontológico gratuito

Moradora do município de São Francisco, no Leste sergipano, Edlaine Freitas foi atendida pela primeira vez por um dentista da respectiva cidade, mas por ser diagnosticada com caso de média complexidade, precisou ser encaminhada ao Centro de Especialidade Odontológica (CEO) estadual, em Propriá, por ser o mais próximo da sua residência. Ela conta que o único custo que teve foi o deslocamento, o que contribuiu para a economia das finanças pessoais.
Foto: Ascom/SES
“O atendimento foi ótimo e a equipe foi muito atenciosa. Meu dente siso está sem espaço, inflamou, e o dentista orientou que será preciso fazer extração, mas, antes disso, terei que fazer o procedimento necessário, que é o raio-X, além de cuidados com a higienização e escovação. Devo retornar em breve para finalizar esse tratamento”, contou.
É dessa forma que o governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde (SES), que tem a Fundação Estadual de Saúde (Funesa) como administradora da rede dos Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs), proporciona tratamento gratuito de excelência à população sergipana. Quando uma pessoa necessita de cuidados com a saúde bucal, o passo inicial é buscar atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), que integram a Atenção Primária. Dessa forma, o usuário passa por uma análise da situação para que se verifique o procedimento adequado, que pode ser encaminhado aos CEOs da rede estadual.
Nas sete unidades dos CEOs – localizadas em Boquim, Capela, Laranjeiras, N. Sra. da Glória, Propriá, São Cristóvão e Tobias Barreto – há a garantia de exames complementares como radiografias periapicais, interproximais, oclusais, panorâmicas e exames anatomopatológicos para o correto diagnóstico e tratamento da saúde bucal. A necessidade de tratamento especializado será informada pelo cirurgião-dentista, responsável pelo encaminhamento à unidade especializada. O acesso dá-se através do guia de encaminhamento fornecido pela Atenção Primária, após avaliação e diagnóstico da necessidade de tratamento nas especialidades ofertadas.
Serviços
Segundo a coordenadora dos CEOs, Sthephany Barreto, é satisfatório ver que a odontologia em Sergipe tem um espaço de especialidades e que cresceu. “Além de oferecer assistência à população, contribui para a geração de emprego e continuidade da atenção à saúde bucal das pessoas. É uma garantia de tratamento, e nos CEOs os pacientes não se limitam a procedimentos de extração ou atendimento hospitalar. É um direito do cidadão ter esse serviço de maneira acessível, de acordo com os princípios do SUS. Por isso nosso objetivo é mantê-los da melhor forma possível para todos. Pensando de maneira coletiva e observando a atuação dos colegas. É desafiador e gratificante manter a qualidade dos serviços na saúde pública”, afirma.
Os serviços ofertados nos CEOs envolvem as áreas de Periodontia, Endodontia, Cirurgia Bucomaxilofacial, Atendimento a pessoas com necessidades especiais e diagnóstico bucal com ênfase no diagnóstico do câncer de boca. Esse trabalho representa uma das frentes de atuação do ‘Brasil Sorridente’, programa federal de oferta do SUS (Sistema Único de Saúde) para os cidadãos. Em Sergipe, a escolha pelos centros regionalizados, geridos pela SES, por meio da Funesa, foi uma iniciativa do Estado para assegurar que os municípios que não possuem CEO municipal pudessem ter acesso a esses serviços.
As unidades dos CEOs também proporcionam atendimento de média complexidade em cirurgia oral. Além disso, contam também com a garantia de exames complementares e, se o paciente for diagnosticado com outras necessidades, a exemplo do câncer de boca ou tratamento de alta complexidade, são encaminhados para a rede hospitalar. Na rede hospitalar, os atendimentos odontológicos são realizados no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), Hospital Regional de Itabaiana e Hospital Universitário (HU).
Fonte: ASN

Iklan Atas Artikel

Iklan Tengah Artikel 1

Iklan Tengah Artikel 2

Iklan Bawah Artikel